Saturday

28 Jul

Another great weekend free of demons…
The last months have been so kind to me… so sweet…

another great night… a beer in a bar at Travessa, and now a dinner with two great and old friends and some movies… hmmm sweet! So… Let’s make it!
Going out to pick up a friend… :]
An adventure in every breath I take… even the sweet ones… every second counts!

Let’s make the best of each and every second/moment of our lifes!
We only live once.  8)

as she whispered

28 Jul

“Please, please, don’t fall in love with me… you are a good and sweet friend and I don’t want to lose you too…”

Anatomia de um bolinho – um passo a passo de como fazer cupcakes

24 Jul

Anatomia de um bolinho – um passo a passo de como fazer cupcakes.

Solidão

24 Jul

Bom dia!
Alguém citou um pequeno texto no facebook ao qual me identifiquei completamente, principalmente nesse momento lindo e pleno em que estou vivendo… quando reconhecemos a beleza da solidão e o quão completo e felizes somos sem precisar de um outro alguém, aquele alguém… Sempre tento convencer meus amigos… a serem independentes, felizes por si sós ao invés de viverem à procura de alguém para se tornarem felizes, completos… Sempre disse e repito: temos que buscar a felicidade em nós mesmos, investir no nosso caráter, no nosso saber, na nossa vida, nos encontrarmos, sermos felizes por nós mesmos para permitimos encontrar aquele outro alguém eventualmente sem precisarmos sequer procurar. Se estamos felizes, se estamos bem, se nos sentimos completos, atrairemos coisas boas e logo, pessoas boas e agregaremos.

“O ser humano ainda não aprendeu a conhecer as belezas da solidão. Ele está sempre ansiando por um relacionamento, ansiando por estar com alguém…e esquece, de alguma maneira, que está só…que nasceu só, e que morrerá só e, não importa o que faça você vive só. A solidão é algo tão essencial ao seu ser que não há como evitá-la. Todos os esforços dirigidos a evitar a solidão falharam e falharão, porque são contrários a que você se torne consciente de sua solidão.. E é tão lindo experienciá-la, senti-la porque ela o libertá da multidão, do outro. É a nossa libertação do medo de estarmos sós. “Solidão” significa simplesmente ser completo. Você é inteiro, não precisa de ninguém mais para completá-lo. Assim, tente descobrir o seu centro mais profundo onde você está sempre só, sempre esteve só… tão pleno, tão completo, tão transbordante com todas as seivas da existência que, tendo provado sua solidão, a dor do coração desaparecerá. Em seu lugar, um novo ritmo de imensa suavidade, paz, alegria e bem-aventurança estará presente. Isso não significa que uma pessoa que está centrada em sua solidão não possa fazer amigos. Na realidade, só ela pode fazer amizades, porque agora isso não é mais uma necessidade, é simplesmente um compartilhar.”- Osh

Um pouco sobre mim

4 Jul

“Eu já posso morrer de rir com todas as gafes e encrencas que eu já cometi e em que eu me meti? Cheia dos desastres e trejeitos divertidos, milhares de facepalms alheios, e “tinha que ser a Pety”. É… that’s right… vídeos, tombos e caretas. Tenho uma vida de dar orgulho. E vergonha alheia! HAHAHAHA Ainda bem que todos aqueles que me aturam e me amam têm aquele lado… retardado… se não o tivessem… oh god. Estava lascada! Agora que eu já ri bastante da minha cara, e o fiz publicamente também, compartilhando a coisa… Fue-me daqui! =* Buenas Noches Muchachos!”

Uma série de desastres, situações engraçadas, atrapalhadas… gestos desajeitados, caretas, tombos…
Pôr fogo nas coisas (sem querer), subir em cadeiras pra fazer discurso e cair, me engasgar, rir estranho, manias pequenas, chatas, estranhas e perfeccionistas… detalhes desajustados…

Sempre me divirto muito com situações que deviam ser meramente constrangedoras ao ver de pessoas “comuns”, sempre me destaquei no meio da multidão por ser diferente, por gostar do diferente, de ser “anormal”, de gostar de pensar e agir diferente, isso e por atributos que a mãe natureza me deu de beleza e papai do céu de atrapalhada e meio desajustada. Sempre me preocupei muito com os outros, valorizo um sorriso, particularmente adoro sorrir e brincar com os outros, fazê-los sorrir mesmo que seja de mim ou para mim.

Sou tão desastrada que… mas tão divertida principalmente quando não estou num relacionamento, sou um desastres quando se trata desses… por isso sempre achei que sou mais feliz sozinha do que quando estou em um. Sou dessas que adora sorrir, mas sou muito atrapalhada em questões amorosas… não sirvo pra me relacionar. Mas, não me importo, já tive todas as memórias e coisas boas que eu poderia desejar no meio dos meus poucos relacionamentos amorosos, fora isso, só a superfície que não é tão rasa… basta. Risos.

Ser fora do padrão, fora do comum, ter atitude, fazer valer cada momento, evitar mesmices e comodismos, procurar sempre o novo, o diferente, o fazer, viver, crescer, desenvolver, rir, dançar, e amar cada momento como se fossem únicos, cair e levantar, não olhar pra trás, procrastinar o menos possível, aprender com todos os meus erros, crescimentos contínuo, melhoria contínua, ser alguém melhor todos os dias, ser sempre melhor do que ontem. É o que faço todos os dias, e sou extramente feliz e realizada.

Os últimos meses têm sido os melhores da minha vida. Sou eu mesma, e me amo em cada detalhe, singularidade, atrapalhada e loucura. =)

Oh, that’s all for now… just a little bit about me.

=)

Aside

“Mas, é sempr…

2 Jul

“Mas, é sempre bom reforçar que se cada coisa que acontece nos deixar estagnados em algum lugar, sem evoluir de alguma forma, não chegamos a um sentido nunca.”

Ou à lugar algum… 

=)

Deus ajuda quem cedo madruga!

30 Jun

Today I feel like writing! 😀
São 06:13 nesse exato momento,
Meus horários ainda não estão bem definidos… dormi por volta de quatro horas aproximadamente das oito e meia da noite até a meia noite, uma hora  e dezessete da manhã…
Sinto como se os meus dias não tem acontecido em ‘rotina’… sinto como se cada dia que se passa fosse especial, diferente, e me sinto muito feliz em todos eles. Hoje, decidi fazer diferente, assisti alguns filmes até umas cinco e pouco da manhã, tomei um banho quente, uma xícara de chocolate quente, e  devorei uma matéria de uma revista… dei uma pequena caminhada e fumei um cigarro. Decidi que hoje ia ser diferente… Voltei para casa e liguei a tv para acompanhar o jornal matinal ao mesmo tempo em que aqui me encontro. 
“Serei uma ótima jornalista, serei uma jornalista” foi o meu primeiro pensamento de impacto do dia. Talvez depois de “O que é “inventar uma desculpa” se não, mentir?”. Outro pensamento de impacto esta semana “Be the better one, seja a pessoa melhor, seja a pessoa melhor” E o melhor pensamento do ano que se tornou filosofia de vida… ” Seja uma pessoa melhor todos os dias, seja sempre melhor do que ontem, faça as coisas de um jeito melhor, procrastine menos que ontem”

Sempre procurando crescer, como pessoa, acadêmica e profissional. Sempre buscando aprimorar minhas filosofias e o meu eu, procurar cursos de capacitação, ter uma vida ativa, sempre buscar melhorar, crescer e desenvolver, melhoria contínua. Ler mais, ver mais filmes, me exercitar mais fisicamente e psicologicamente. Não me deixar levar pelo comodismo, rotinas massantes e mesmices diversas. Sempre sendo eu mesma, mas sempre procurando o diferente, a aventura, vida e amor em todas as pequenas coisas. Saber dar valor, aproveitar cada segunda e saber ver beleza onde muitos já esqueceram de sua existência. Essa sou eu, agora. 

Bom, para o momento, esta pequena divagação é o meu lembrete, de procurar se alguém melhor, sempre. E não desistir, continuar vendo beleza em tudo, e continuar com toda essa espirituosidade que toma conta do meu ser, empolgação, felicidade e curiosidade de explorar o inexplorado que existe dentro de mim e lá fora, no mundo. O aqui e o agora.

Sem mais para o momento,

Tenha um bom dia!

=)